CAMPANHA DE LANÇAMENTO DO FILME

MEDIANERAS – Buenos Aires na era do amor virtual

DESAFIO

Atrair o público para o filme e gerar identificação com os personagens. Mas sem contar com uma verba que fosse necessária para um lançamento nacional.​

Características do público de interesse:

  • Classe B

  • Homens e Mulheres

  • 25-35 anos

  • Gostam de cinema “cult”

  • Frequentam espaços culturais (e consomem produtos culturais), bares, cafés e livrarias

  • São antenado e usam com frequência a internet

  • Em sua maioria são solteiros

IDEIA

Conectar os stakeholders através de estratégia digital que fomentasse a curiosidade e identificação.

Tema: “Viver offline

Justificativa do tema:
A criação do tema, foi baseada na ideia de unir as duas realidades on e offline.
Encarando a internet como personagem do filme, nota-se o esforço que a mesma tem em facilitar acessos e encontros ao mesmo tempo que os dificulta. Para tanto, será usado ícones e símbolos do mundo “online”, porém sempre reforçando a possibilidade que o “offline” oferece. O tema se torna modular e adaptável a cada peça que posteriormente será criada. Exemplos: “conecte offline”, “curta offline”, “siga offline”, etc.

Texto base para as peças:
O acesso pode ser online, mas as melhores experiências estão offline.
Conecte-se com amigos offline.

Siga possibilidades de encontros offline.

Compartilhe ideias offline.

Comente assuntos offline.

Curta o filme Medianeiras offline.

Assinatura:

#cinemaculturaearte. Uma ideia para viver offline.
Medianeiras. Buenos Aires na era do amor virtual. Assista.

Um filme que superou as expectativas de bilheteria com uma verba ínfima para lançamento, mas com grande estratégia e inteligência de divulgação, que gerou grande mídia espontânea e aumento do faturamento esperado.

  • Mais de 460 mil pessoas foram impactadas pelo compartilhamento de informações do perfil de Medianeras no Facebook

  • Em torno de 150 pessoas falam sobre o filme diariamente dentro do Facebook

  • Por semana a campanha do Facebook (sem mencionar o esforço inicial da campanha) alcançou em torno de 2.300 usuários

  • No Twitter tem mais de 50 resultados por dia, de pessoas falando sobre o filme

  • A campanha impactou blogueiros famosos, como Just Lia, gerando mídia espontânea. O que resultou em visualização de quase 2 mil cliques para o blog da Imovision em único dia

  • A campanha do filme gerou publicações em blogs famosos, como o da Borboletando, veja aqui: http://bit.ly/AkaZZi

  • O trailer legendado de Medianeras foi compartilhado no Facebook por mais de 3.600 usuários

  • 70 mil espectadores

  • Mais de 25 mil espectadores no Reserva Cultural

  • O filme ficou, desde seu lançado até o último dia de 2011 (quase 4 meses) como o Melhor Filme em Cartaz, segundo a Veja São Paulo

  • O filme levou 4/5 estrelas nas críticas do: Celso Sabadin: http://bit.ly/yQbIV0 e do O Globo: http://glo.bo/wXaP2O

  • Crítica positiva da agência Reuters: http://bit.ly/zNZ54T (publicada em diversos veículos online)

  • Crítica de Luiz Zanin: http://bit.ly/wVRvrf

  • Medianeras foi o vencedor de 3 prêmios no Festival de Gramado 2011, nas categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor e Prêmio do Júri Popular